Contribua com os projetos sociais da Alô Brasil.

Seja um parceiro das nossas ações sociais, deposite o quanto você puder na seguinte conta bancária.
Ajude-nos a ajudar.
#VempraAlôBrasil

FAÇA A SUA DOAÇÃO.

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

NOTÍCIA: Tarifa dos ônibus municipais sobe para R$ 3,40 a partir de sábado


Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, o reajuste segue os critérios estabelecidos por contrato

Rio - A Prefeitura do Rio informou, na tarde desta terça-feira, que a partir da 0h do próximo sábado, dia 3, o preço da passagens dos ônibus municipais fica estabelecido em R$ 3,40. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, o reajuste segue os critérios estabelecidos pelo Poder Executivo fixados contratualmente. O aumento é de 13% em relação ao valor atual (R$ 3).
A fórmula de cálculo utiliza valores segundo fonte da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O preço estabelecido é válido para o modal do Bilhete Único Carioca (BUC), que possibilita a utilização no Serviço Público de Transporte de Passageiros por ônibus do Rio.
Fórmula do reajuste para os ônibus municipais
Foto:  Arte: O Dia
Prefeito confirmou reajuste
"A gente vai fazer o reajuste da passagem. Nós estamos ainda fechando os últimos cálculos. A gente fez o aumento ano passado e faremos de novo este ano. É contratual, natural e normal que assim aconteça", disse o prefeito Eduardo Paes durante entrevista na manhã desta terça-feira, enquanto acompanhava os últimos preparativos para a festa do Réveillon, em Copacabana, na Zona Sul da cidade.
Questionado sobre protestos contra o aumento dos valores, Eduardo Paes disse não temer possíveis manifestações, o que considerou ser "parte de um sistema democrático". Segundo o prefeito, o novo valor das passagens dos coletivos será anunciado ainda nesta terça-feira, ou, mais tardar, na sexta-feira, quando o reajuste será publicado no Diário Oficial. No entanto, ainda não se sabe para quanto irá o preço da passagem.
Eduardo Paes garante aumento de passagem durante evento em Copacabana
Foto:  José Pedro Monteiro / Agência O Dia
No último dia 18, o prefeito já havia confirmado o aumento das passagens já para o início de janeiro, como adiantou o DIA .
Trem, barcas e ônibus intermunicipais também aumentam
SuperVia e CCR Barcas poderão aumentar o valor das passagens a partir do dia 12 de fevereiro de 2015 desde que avisem seus passageiros com 30 dias de antecedência. O reajuste da tarifa foi permitido em sessão regulatória realizada no último dia 18 e divulgado nesta terça-feira pela Agetransp, a Agência Reguladora de Transportes.
A decisão permite à concessionária que administra os trens cobrar R$ 3,30. Nas barcas, poderão ser cobrados R$ 5. O conselho diretor da agência reguladora homologou reajuste de 5,75% (IPCA) para tarifa das linhas sociais de barcas e de 3,66% (IGP-M) para a tarifa dos trens.
As passagens também subirão nos ônibus intermunicipais, onde as novas tarifas entram em vigor a partir do dia 10 de janeiro de 2015, segundo publicação no Diário Oficial do Estado desta terça-feira. O índice de reajuste nos valores das passagens dos ônibus e vans intermunicipais será de 12,46%.
Sendo assim, o valor da passagem passará dos atuais R$ 2,80 para R$ 3,15. O valor do Bilhete Único seguirá o índice, indo dos R$ 5,25 para R$ 5,90. Segundo o Governo do Estado, o novo valor do Bilhete Único começa a valer em 1º de fevereiro de 2015.
Táxis também são autorizados a subir tarifas
E ainda nesta terça, mais um motivo para os cariocas começarem a temer pelos bolsos. A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) reajuste nas tarifas dos 33 mil táxis que circulam no município do Rio - convencionais (amarelinhos) e Executivos (especiais).
O reajuste, de cerca de 5,8% com base na tarifa vigente do táxi convencional, passa a vigorar a partir do primeiro minuto de sexta-feira, 2/01. A bandeirada passará de R$ 4,80 para R$ 5,20. A SMTR já definiu que a distribuição das tabelas será feita na sexta-feira, em 11 pontos da cidade. Os táxis executivos devem se dirigir ao Guerenguê para a retirada da nova tabela.
A Resolução autoriza o reajuste de R$1,95 para R$ 2,05 o valor da quilometragem na Tarifa 1, de segunda à sábado, das 6h às 21h. Já na Tarifa 2, o quilômetro rodado, em vigor das 21h às 6h e aos domingos e feriados, independente do horário, passará de R$ 2,34 para R$ 2,46.
A SMTR autoriza a cobrança na tarifa 2 das corridas com destino a áreas de ladeiras íngremes, sem discriminação horária. A tarifa da hora parada ou de espera sobe de R$ 24,57 para R$ 25,83, enquanto o preço para transportar volumes com dimensões entre 30 por 60 centímetros passa de R$ 1,95 para R$ 2,05, desde que a bagagem seja manuseada pelo motorista.
Nos táxis da categoria Executivo (especiais), a bandeirada passará de R$ 6,30 para R$ 6.60; o quilômetro rodado de R$ 3,40 para R$ 3,60 e a tarifa de espera ou de hora parada de R$ 42,84 para R$ 45,36. Até a aferição do taxímetro com a nova tarifa, a Secretaria informa que a cobrança dos novos preços deverá ser confrontada com os valores marcados no taxímetro com o valor indicado na tabela afixada internamente no vidro lateral traseiro esquerdo do táxi.


  CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E BAIXO O NOSSO APP NO PLAYSTORE.           

play.google.com/store/apps/details?id=com.shoutcast.stm.radioalobrasil











FONTE : O DIA

NOTÍCIAS: Governo dificulta acesso a benefícios previdenciário

Medidas alteram concessão de seguro-desemprego, PIS e pensão por morte


Rio - O governo edita nesta terça-feira medidas provisórias alterando regras de acesso ao abono do PIS/Pasep, seguro-desemprego, pensão por morte e auxílio-doença. Publicadas no Diário Oficial da União, as novas regras já vigoram, mas precisam ter a validade confirmada pelo Congresso Nacional dentro de 120 dias.
Como o Senado e a Câmara dos Deputados estão em recesso, a análise das MPs só ocorrerá em fevereiro, quando os parlamentos voltam a funcionar. O anúncio das medidas foi feito no fim da tarde de ontem pelo ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que coordenou reunião sobre o tema no Palácio no Planalto. Ele afirmou que os direitos dos trabalhadores serão preservados. Ou seja, as mudanças não serão retroativas, atingindo apenas os beneficiários de agora em diante. O governo estima uma economia de R$ 18 bilhões ao ano a partir de 2015.
Em sua página no Facebook, a presidenta Dilma Rousseff publicou um post com o título ‘Gestão aprimorada’ e a declaração de Mercadante: “Estamos preservando todos os direitos trabalhistas, sociais e previdenciários. Todas as mudanças respeitam os benefícios que estão sendo pagos. São ajustes e correções inadiáveis e indispensáveis”, afirmou.
O ministro-chefe da Casa Civil começou ontem mesmo a negociar as alterações com as centrais sindicais, entre elas CUT e UGT, que anteriormente já havia demonstrado resistência ao tema. A minirreforma previdenciária foi anunciada após a reunião que contou com a participação da atual ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e do ministro do Trabalho, Manoel Dias.
Segundo estimativa feita pelo futuro ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, as medidas representarão uma redução das despesas públicas de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB) previsto para o ano que vem. Entre as mudanças está a triplicação do período de trabalho exigido para que o trabalhador peça pela primeira vez o seguro-desemprego. Agora será elevado de seis meses para 18 meses o período seguido de trabalho para que os recursos sejam liberados ao contribuinte que acaba de ficar desempregado.

Entre a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e o secretário-executivo do Ministério da Previdência, Carlos Gabas, o ministro Aloizio Mercadante anuncia refor
Foto:  Pedro Ladeira / FolhaPress

“Verificamos que 74% do seguro-desemprego estão sendo pagos para quem está entrando no mercado de trabalho. Agora, o funcionário terá que trabalhar um ano e meio para ter esse direito”, disse Mercadante. Para solicitar o benefício pela segunda vez, o trabalhador terá que ter vínculo empregatício por 12 meses seguidos. No terceiro pedido, o período de trabalho exigido continuará sendo de seis meses.
Mesmo com a queda na taxa de desemprego, cresceu o número de pessoas que recorrem ao seguro desemprego: de 5 milhões, em 2004, para 8,9 milhões, em 2013. Outra proposta é que o abono salarial do PIS/Pasep seja pago proporcionalmente, igual ao 13º salário, e que a carência para que o trabalhador receba o benefício seja de seis meses de trabalho e não mais de um mês.
SAIBA O QUE MAIS VAI MUDAR
SEGURO-DESEMPREGO
Em vez dos atuais seis meses, o funcionário terá de trabalhar no mínimo 18 meses para receber pela primeira vez o benefício. Na segunda solicitação, será preciso ter trabalhado ao menos um ano. E, da terceira solicitação em diante, seis meses.
PENSÃO POR MORTE
Os critérios para obter pensão por morte ficarão mais rigorosos e o valor por beneficiário será reduzido. Será instituído um prazo de carência de 24 meses de contribuição do segurado para que o dependente obtenha os recursos e será estabelecido ainda um prazo mínimo de 2 anos de casamento ou união estável para que o cônjuge obtenha o benefício.
CÔNJUGES JOVENS
Outra mudança atinge os cônjuges jovens. Eles não receberão mais pensão pelo resto da vida, ou seja não será mais vitalícia. Pelas novas regras, o valor será vitalício para pessoas com até 35 anos de expectativa de vida — atualmente quem tem 44 anos ou mais. A partir desse limite, a duração do benefício dependerá da expectativa de sobrevida.
O beneficiário que tiver entre 39 e 43 anos receberá pensão por 15 anos. Quem tiver idade entre 33 e 38 anos obterá o valor por 12 anos. O cônjuge com 28 a 32 anos terá pensão por nove anos. Quem tiver entre 22 e 27 anos receberá por seis anos. E o cônjuge com 21 anos ou menos receberá pensão por apenas três anos.
AUXÍLIO-DOENÇA
Também mudaram as normas para concessão do auxílio-doença. Hoje o valor é pago pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ao trabalhador que ficar mais de 15 dias afastado das atividades. Com a medida, o prazo de afastamento para que a responsabilidade passe do empregador para o INSS será de 30 dias. Também será estabelecido um teto para o valor do auxílio equivalente à média das últimas 12 contribuições.
SEGURO-DEFESO
Outra mudança diz respeito ao seguro-desemprego do pescador artesanal, o chamado seguro-defeso. Trata-se de um benefício de um salário mínimo para os pescadores que atuam exclusivamente de forma artesanal. A medida veda o acúmulo de benefícios assistenciais e previdenciárias com o seguro-defeso. O pescador que recebe, por exemplo, auxílio-doença não poderá receber o valor equivalente ao seguro-defeso. Além disso, será instituída uma carência de três anos a partir do registro oficial como pescador, para que o valor seja concedido.


Fonte: O DIA

domingo, 28 de dezembro de 2014

Dicas de como baixar o nosso APP para o seu celular.

Abrir o aplicativo Google Play Store:

Para encontrar e abrir o aplicativo Google Play Store, vá à tela de início e toque no ícone Google Play Store da Play Store.

Problemas para encontrar o aplicativo Google Play Store:

Se você não vir a Google Play Store ou se o aplicativo não abrir:
  • Verifique se você está usando um dispositivo Android compatível.
  • O aplicativo pode estar oculto e precisa ser reativado.
  • Desligue seu dispositivo e ligue-o novamente. Em seguida, procure pelo aplicativo.
Se mesmo assim o aplicativo Google Play Store não aparecer, entre em contato com sua operadora ou com o fabricante para receber ajuda. Não é possível fazer o download do aplicativo Google Play Store. Ou você tem o aplicativo ou não tem.
 Instalando o aplicativo da Rádio Alô Brasil em seu celular:

1º - Clique em PLAY STORE na tela do seu celular.
2º - Clique em : APPS

3º - Na PÁGINA INICIAL, em "pesquisar", escreva: Rádio Alô Brasil
4º - Aproximadamente em 5º lugar da pesquisa, aparecerá a logo;

5º - Depois de ter encontrado a imagem Alô Brasil , clique em     INSTALAR  

6º - Permita o acesso, clique em  ACEITAR   e aguarde o download.

7º - Clique em  ABRIR   e pronto!

8º - Todas as vezes que você quiser ligar a rádio, basta procurar na tela do seu celular o nosso APP , abri-lo e clicar em PLAY.
Agora basta estar conectado a internet e ouvir a rádio gospel que está 24 horas com você.

sábado, 27 de dezembro de 2014

Agenda das igrejas.

Envie pelo Wahtsapp o convite do evento gospel que acontecerá na sua igreja e ouça-o aqui na #radioalobrasil.com, 24 horas com você.
21- 986714675

OBS: O arquivo de áudio só será transmitido se estiver em boa qualidade, de acordo com os nossos padrões de som

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Medite.


"Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos." 1 Pedro 1:3 

CLIQUE AQUI E BAIXE O NOSSO APLICATIVO NO PLAY STORE PARA OUVIR LINDAS CANÇÕES QUE FORAM SELECIONADAS PARA VOCÊ.
y.google.com/store/apps/details?id=com.shoutcast.stm.radioalobrasil





quarta-feira, 24 de dezembro de 2014


https://play.google.com/store/apps/details?id=com.shoutcast.stm.radioalobrasil

Acesse o nosso site oficial; www.radioalobrasil.com, curta, compartilhe este link.

Feliz Natal!!!

A equipe do Programa Alô Brasil deseja a todos os ouvintes; Um feliz Natal!!!

Medite nesta história real: Mateus 2


  • 1  E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,

  • 2 Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.

  • 3 E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele.

  • 4 E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.

  • 5 E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta:

  • 6 E tu, Belém, terra de Judá,De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá;porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo Israel.

  • 7 Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera.

  • 8 E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.

  • 9  E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino.

  • 10 E, vendo eles a estrela, regoziram-se muito com grande alegria.

  • 11 E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra.

  • 12 E, sendo por divina revelação avisados num sonho para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho.

  • 13 E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.

  • 14 E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito.

  • 15 E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.

  • 16 Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.

  • 17 Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias, que diz:

  • 18 Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não quer ser consolada, porque já não existem.

  • 19 Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito,

  • 20 Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino.
  • 21 Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel.

  • 22 E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado num sonho, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia.

  • 23 E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.

      CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E BAIXE O          NOSSO APP PARA CELULAR.                            

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Desperdício de água é denunciado.


Álbum de fotos.

Doação de cabelos.

Postagens populares

Estamos no facebooK;.